Monstro Animal
TREM QUE PULA, TRACAJÁ, SANGUINOLENTO!

Arquivo para dezembro 2010

Deixa eu ser feliz?

dezembro 28, 2010

Há muitos anos escrevi um texto sobre manias. Essas esquisitices particulares que cada um de nós cultiva em seu universo particular. Atualmente tem gente que chama essas manias de TOC, ou Transtorno Obsessivo Compulsivo. Se me perguntarem direi que pra mim está de bom tamanho. O meu texto da época também tinha um nome longo, lindo […]

Um conto de natal

dezembro 25, 2010

25 de dezembro de 2010, dia de natal. Primeiro natal no blog Monstro Animal, não é o tipo de data para passar em brancas nuvens. Por menos assunto que tenhamos, a inspiração é uma menina tímida, precisa ser provocada para despertar. Estamos de volta a Paris, em alguma rua de pedras entre a Sacre Coeur e […]

Obrigado!

dezembro 23, 2010

Obrigado aeroportuários. Obrigado aeronautas. Vocês não fizeram A GREVE e hoje poderemos embarcar nas maravilhosas e imensas aeronaves e voarmos para onde bem quisermos. Muito obrigado mesmo! Senhores parlamentares, de quanto foi mesmo o aumento auto-concedido pelos senhores? Oh sim. Antevéspera de natal, tempo de perdoar e de pensar em coisas doces. Então, antes que […]

The most beautiful tree

dezembro 22, 2010

I simply worship this tree… How she looks? Ain’t she pretty? Merry xmas YEAH CARPE DIEM

Literatura

dezembro 22, 2010

“Então voltei pra casa e escrevi: É meia-noite. A chuva está batendo nas janelas. Não era meia-noite. Não estava chovendo.” Samuel Beckett, Molloy

Poesia

dezembro 21, 2010

“Que a poesia fale mais forte, porque é para dentro que se voa mais distante”. Laerte Magalhães Na verdade “surrupiei” essa frase da contracapa do álbum Coração de Mamulengo, obra-prima da música infantil composta e produzida pelo Chagas Vale.

Neve em Curitiba

dezembro 15, 2010

Alguém me disse que ontem a temperatura em Curitiba chegou a encolher até 10 graus. A sensação térmica despencou para 2 graus. É isso mesmo? No post do dia 06 de dezembro o seu Monstro favorito pediu neve em Curitiba. Nós estávamos brincando, São Pedro, era só uma Brincadeira!!!

Teresina

dezembro 15, 2010

“Existirmos: a que será que se destina? Pois quando tu me deste a rosa pequenina Vi que és um homem lindo e que se acaso a sina Do menino infeliz não se nos ilumina Tampouco turva-se a lágrima nordestina Apenas a matéria vida era tão fina E éramos olharmo-nos intacta retina A cajuína cristalina em […]

Casamento

dezembro 14, 2010

Diego, seu RÁTU MÁGRO, pra essas coisas você tem uma memória de elefante, né animalzinho? Mas como promessa é dívida, aí vai: “Quando casei recebi do blog Monstro Animal (https://andrbezerra.wordpress.com) de presente a oportunidade de publicar um texto sobre o casamento. Seria como se eu fosse escrever um texto sobre a Grécia, por exemplo, sem […]

Efêmeras

dezembro 10, 2010

Existe um toque delicado e suave a respeito das coisas, é algo que chamamos de efemeridade. As coisas sutis, os sentimentos mais doces e leves são sensações efêmeras. E existe também uma grande pitada de crueldade no fato de a própria vida, em si, ser tão efêmera. A vida que é gerada à partir de […]