Monstro Animal
TREM QUE PULA, TRACAJÁ, SANGUINOLENTO!

Arquivo para agosto 2016

Obscena

agosto 9, 2016

Cada dia mais, a minha objeção se torna irrelevante Restos inúteis de um recato besta, de vaidade Minhas certezas se confundem com teu corpo insinuante E o meu pudor penetra a fundo tua obscenidade   Quantos passos foram nesse longo asfalto Quantos tijolos empilhados nesse muro alto Mais uma peça da tua roupa que desliza até […]

O Barulho Das Coisas II (Crônica escrita em sala, durante Oficina com Luis Henrique Pellanda)

agosto 5, 2016

Interessante ouvir o barulho das coisas diante do silêncio na sala de aula. Estamos todos em uma oficina de crônicas, temos que escrever uma, o tempo não é muito. Tento me concentrar, ouço o barulho da minha própria caneta sobre o papel. A respiração dos colegas, igualmente concentrados, duelando com a distração deles. Queria encontrar […]

A Crônica

agosto 2, 2016

Essa manhã foi quase igual a todas as manhãs: saquei o velho casaco do armário. A diferença é que me pareceu mais pesado do que na noite passada, quando pousei-o sobre o cabide. Procurando, encontrei algo pulsando em um dos bolsos. Era uma crônica. Ao retirá-la do bolso, era ela que me fitava, pequeno e […]