Monstro Animal
TREM QUE PULA, TRACAJÁ, SANGUINOLENTO!

Dois Mil e Dezessete

A nossa casinha

Maior do que o espaço sideral

Não cabia em um vaso de flores

 

Os nossos problemas

Menores do que um pardal

Formando um rosário de dores

 

E nós dois

Experientes, um lindo casal

Perdidos no grande jardim de cores

 

Que é lúgubre

E já recebeu muito vendaval

Inóspito abrigo para novos amores.

Anúncios

Nenhuma resposta to “Dois Mil e Dezessete”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: